segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Acessando novas possibilidades e transformando a sua vida

Conscientes ou não, cada um de nós vive em sua própria bolha. Criamos uma barreira energética em volta de nós cheia de teorias, crenças e programações, imagens, julgamentos e pontos de vista sobre tudo e todos com as quais enxergamos a nossa realidade. Dizemos fulano é assim ou assado, eu sou assim ou assado, a vida é assim ou assado e por aí vai, sempre baseados nas crenças e programações que nós mesmos aceitamos como verdades e solidificamos nesta barreira energética que sustentamos entre nós, o mundo e a vida em geral. 

Além desta barreira é como se nada existisse, é o limite da consciência que cada um se permite ter. Quando buscamos uma solução para um problema, é dentro desta bolha que insistimos em encontrá-la, trazendo-nos cada vez mais a sensação de patinar sem sair do lugar, já que não permitimos nada de novo entrar, apenas mais do mesmo mas sob um ponto de vista diferente. 

E assim a maioria das pessoas levam a vida, dando um duro danado diariamente mas com avanços mínimos, ou até mesmo nulos. Em algum momento ela sente que já fez de tudo e vê-se sem saída, é quando usa um artifício chamado “esperança” para conseguir mais forças e continuar em sua desgastante rotina. 

As crenças que usamos para determinar a nossa verdade, o nosso Eu e assim a nossa realidade, nos planos energéticos mais sutis se solidificam e bloqueiam o perfeito fluxo que nos traria as soluções “milagrosas” ou “fora da caixa” que verdadeiramente buscamos. Porém é difícil para quem está vivendo este ciclo de aprisionamento que se auto reforça a cada nova verdade assimilada perceber e sair dele sem que esteja em seu “repertório de crenças” algum caminho libertador para sua consciência aprisionada, ou mesmo sem que receba alguma ajuda externa para isso. 

Neste ponto as religiões ocidentais também não ajudam, pois libertam ou curam algumas feridas ao custo de apenas expandir um pouco a antiga bolha de outrora ou, no máximo, de sorrateiramente criar outra. Novas crenças, novas obrigações, novos limites, mas desta vez ainda disfarçados de algo sagrado e de veracidade incontestável. 

Isso ocorre porque cada afirmação que definimos como nossa verdade é um limite para as infinitas possibilidades que o Universo nos oferece. Pensar “fora da caixa” requer um rompimento forte e determinado com os limites da própria consciência. É fora de nossa bolha que está a mudança de vida que buscamos, o tempo para nós que precisamos, a abundância infinita, a felicidade irrestrita, a facilidade de se viver em um constante fluxo de sucessos que fazem cada momento de nossa vida valer a pena. 

A consciência pura não julga, não condena, não rejeita, não limita as pessoas ou acontecimentos às interpretações baseadas em seu repertório de conhecimento, ela apenas testemunha o momento presente, permanecendo aberta para todas as possibilidades que o universo pode nos trazer. Este é o segredo dos Mestres e dos iluminados. 

Mas como fazer isso? Como não se prender em uma realidade limitada e de possibilidades restritas e previsíveis? Simples, sem julgar e sem “solidificar” nenhuma crença, apenas escolhendo entre um caminho e outro que forem surgindo já nesta nova energia ou intenção. Com o tempo, poucas ou nenhuma escolha será necessária, pois aquilo que aparece já está tão alinhado com o Ser que já é a escolha que faríamos. Neste ponto nossa escolha se torna apenas em como aproveitar aquela oportunidade que já apareceu, como melhor desfrutá-la. 

Existe no entanto uma particularidade daqueles que trilham o caminho da iluminação: quando nos deparamos com os limites de nossa consciência, reparamos que conseguimos facilmente transcendê-los ou obter as respostas que buscamos quando conseguimos elaborar as perguntas corretas. Enquanto perguntamos esperando uma resposta dentro daquilo que conhecemos permanecemos presos ou limitados, porém quando elaboramos uma pergunta expansiva que permite uma abertura para as infinitas possibilidades, temos todo o Universo como resposta! Assim as antigas crenças e limites se dissolvem, aos poucos enfraquecendo as barreiras que nos separam do encontro com o todo e de nossa realização. 

As perguntas são tão eficientes que podem ser usadas para nos direcionar e atrair a energia e vibração daquilo que desejamos, permitindo também que direcionemos a “limpeza” e desprogramação de nossos limites nas áreas que escolhemos trabalhar primeiro. Não são “aformações” ou “afformations”, como alguns já podem ter conhecido através de Noah St. John, são perguntas simples e fáceis de se fazer, seguidas de um comando para que aquela energia atraída se dissolva ou o contrário, para que se dissolva tudo aquilo que impede que o que queremos se realize. 

Sananda (Jesus) trata destas limitações com uma simples frase: “que volte para no nada de onde você veio”, para nós, existe uma outra técnica ótima para fazer isso. 

Após atuar alguns anos como Terapeuta Multidimensional, acrescentei agora em meus atendimentos as “Barras de Access”, além de também me tornar facilitador do curso. A aplicação das Barras é uma ferramenta que facilita a liberação de 5.000 a 10.000 anos de programação mental que usamos para construir as barreiras que nos separam de nossa realização. São toques sutis em determinados pontos da cabeça que permitem que estas programações sejam simples e facilmente esvaziadas, facilitando que nos libertemos do aprisionamento em pensamentos cíclicos, que sintamos mais paz e alinhamento com o momento presente, maior silêncio interior, que restauremos nossas capacidades de autocura e dons de nossa alma, que aumentemos nosso fluxo de criatividade, que sintamos maior bem estar físico e disposição, que possamos reduzir a energia que gastamos mentalmente sustentando autoimagens e pontos de vista, além de abrir o espaço necessário para que todas as possibilidades do Universo se abram novamente para nós. 

No curso nós fazemos diversas perguntas e desprogramações para nos libertarmos de nossas limitações, além de cada um aplicar e receber duas vezes as Barras da Access. Após uma sessão de Access Bars tanto o aplicador como quem recebe saem mais leves e serenos, deixando para trás muitos incômodos que simplesmente deixam de existir. No curso todos receberemos e também aplicaremos duas sessões, o que trará uma mudança já bem mais perceptível do que as Barras são capazes de fazer em nossa vida. Assim, além da pessoa já sair do curso se sentindo melhor, sai também com capacitação internacional em aplicação das Barras, podendo ajudar aos amigos, familiares, companheiros ou mesmo atuar profissionalmente. 

Grande parte das pessoas que encontram a Access são aqueles que já tentaram de tudo e ainda sentem-se presos em algumas questões, encontrando nas Barras e na técnica de fazer perguntas e “destruir e descriar” as limitações uma maneira não mais de apenas reforçar suas esperanças, mas de efetivamente transformarem as suas vidas. 

É mudando nosso aqui agora que mudamos a nossa vida, não somente e apenas conquistando algo que queremos. Embora o Access também seja usado para nos direcionar para o que queremos, é nossa percepção de quem somos e do que acreditamos ser verdadeiro e que faz sentido para nós que manifesta nossa realidade, portanto é isso que temos que desprogramar para permitirmos a abertura para as infinitas possibilidades que o universo pode nos trazer. 

Como posso perceber este momento para me sentir muito mais feliz, grato, em paz e realizado? Tudo que não permite isso, podemos destruir e descriar? 

O que existe de tão bom aqui e agora que se eu perceber isso serei muito mais feliz? Tudo que não permite que eu perceba isso, podemos destruir e descriar? 

Que crenças, programações, julgamentos, pontos de vista, maquinações, mecanismos ou qualquer coisa que eu esteja usando que está desviando minha atenção de tudo de bom que já sou, já tenho e que sem isso eu seria e estaria muito mais feliz e realizado? O que quer que seja isso, assim como todas as causas e estruturas que usamos para sustentar e perpetuar nisso, podemos destruir e descriar?" 

Se sua resposta para estas perguntas foi "sim", provavelmente você já vem pedindo por uma solução de “fora da bolha”. Este pode ser então o momento para começar a se libertar de tudo o que limita sua felicidade e realização! Venha aprender como fazer isso de forma simples, fácil e muito gostosa de aplicar e receber. 

Para mais informações sobre o curso visite o link http://www.rodrigodurante.com.br/p/curso-de-access-bars.html ou entre em contato pelo t.multidimensional@gmail.com

Namastê! 

Rodrigo Durante